Pesquisar
Close this search box.
>
>
Mitos e fatos sobre o Whey Protein: desvendando os equívocos mais comuns

Mitos e fatos sobre o Whey Protein: desvendando os equívocos mais comuns

O Whey Protein é, sem dúvidas, um dos suplementos mais populares e amplamente utilizados no mundo fitness e da musculação. Porém, com sua crescente popularidade, começaram a surgir diversos mitos e informações um tanto quanto equivocadas que podem confundir até mesmo os mais experientes e entusiastas da academia.

Pensando nisso, neste artigo vamos nos aprofundar no mundo do Whey Protein e desvendar de uma vez por todas os mitos mais comuns que cercam esse assunto. Então, se você já se perguntou se esse suplemento proteico causa danos aos rins, se é verdade que só deve ser consumido por fisiculturistas ou se é apenas uma moda passageira, este texto é para você. Vamos juntos desvendar os principais mitos e conhecer os reais benefícios do Whey para o corpo. Boa leitura!

O que é Whey Protein?

O Whey Protein é uma expressão em inglês que em tradução livre significa proteína extraída do soro de leite de vaca.

O leite contém duas principais fontes de proteínas: a caseína, compreendendo cerca de 70 a 80% do total, e as proteínas do soro de leite, que representam aproximadamente 20 a 30%. Quando o leite é coagulado para produção de queijo, as caseínas são responsáveis pela formação da coalhada, enquanto as proteínas do soro de leite permanecem na parte líquida, já que são solúveis em água.

Deste modo, durante muito tempo, o soro de leite foi considerado um subproduto sem utilidade pela indústria de laticínios, e seu descarte causou sérios problemas ambientais. Porém, ao longo dos anos, o potencial do soro de leite foi finalmente reconhecido e explorado.

Quais são as diferentes classificações do Whey Protein? 

Os contínuos progressos na tecnologia de processamento conduziram à criação de uma variedade de produtos derivados do soro de leite. Consequentemente, as proteínas provenientes do soro são encontradas no mercado em diferentes formas, variando conforme a sua concentração e atributos.

Abaixo separamos quais são os principais tipos de Whey Protein comercialmente disponíveis atualmente. Confira:

Principais mitos e fatos sobre o Whey Protein 

O consumo de Whey Protein ainda gera várias dúvidas e questionamentos. Por isso, hoje preparamos uma lista de mitos equivocados e fatos verdadeiros para auxiliá-lo a compreender melhor a utilidade desse suplemento e como ele beneficia o seu corpo. Não deixe de conferir!

  • O uso de Whey Protein prejudica o funcionamento dos rins

MITO. Esse é um dos mitos mais difundidos que o Whey Protein tem sido alvo: o seu suposto impacto negativo nos rins. No entanto, pesquisas científicas recentes têm desmentido essa afirmação, mostrando que, quando consumido nas doses recomendadas, a suplementação proteica não prejudica os rins em indivíduos saudáveis.

Ainda segundo um estudo publicado no Journal of the International Society of Sports Nutrition que analisou os efeitos do Whey Protein em atletas saudáveis, não foi encontrada nenhuma alteração negativa nos marcadores de função renal após oito semanas. Já o Journal of Renal Nutrition, publicou outra pesquisa onde eram examinados os efeitos do Whey Protein em pacientes com doença renal crônica em estágio avançado, e essa também concluiu que não houve efeitos adversos nos rins. Ou seja, atualmente há boas razões para acreditar que não existe nenhuma reação prejudicial aos rins com o consumo da proteína do soro do leite de vaca. 

Porém, é importante destacar que é sempre recomendável que pessoas com doenças renais pré-existentes ou aquelas que possuem histórico familiar desse tipo de enfermidade consultem um profissional de saúde antes de iniciar a utilização do Whey Protein ou qualquer outro suplemento. É fundamental cuidar da saúde e contar com orientação adequada. Combinado?

  • O Whey Protein promove ganho de peso

MITO. Na prática, o Whey Protein pode levar ao ganho de peso, sim, porém, apenas se consumido em excesso de calorias. Ou seja, é muito importante deixar claro que ele não é responsável sozinho por esse aumento de peso. 

O mesmo raciocínio se aplica ao desenvolvimento de massa muscular. O Whey Protein pode ser um aliado, caso haja uma combinação adequada com treinamento físico e dieta voltados para esse objetivo específico. Vale ressaltar que o Whey Protein é um dos suplementos alimentares mais pesquisados, com poucas contraindicações e comprovado como auxiliar na dieta e no desempenho físico. Inclusive, se você estiver com medo de experimentar aqueles comercializados em potes grandes, mas precisa suplementar seu organismo com proteína no dia a dia, uma boa dica é a nossa barra Whey Protein Bar. Ela possui 12 gramas de proteína por unidade e é a prova de que sabor e saciedade podem andar juntas, deixando os seus momentos de pausa muito mais gostosos. 

  • É possível substituir outras fontes de proteína por Whey Protein

VERDADE. O Whey Protein pode ser uma excelente opção quando a fome não se faz presente ou quando o tempo é escasso para desfrutar de fontes sólidas de proteínas, como carnes, peixes, frango, ovos, e outros. Existem diversas razões que podem levar a essa necessidade, desde uma rotina agitada no trabalho, com horários limitados para as refeições, até falta de apetite ou cansaço em relação aos alimentos habituais do dia a dia.

O fato é que o Whey Protein se adapta facilmente à rotina, podendo ser consumido com água, leite ou até mesmo incorporado a receitas. Atualmente, a variedade de sabores disponíveis tem aumentado, o que possibilita diversificar o consumo e utilizá-lo em receitas saudáveis, trazendo uma nova perspectiva para a dieta e saciando a vontade por doces. #FicaADica

  • Apenas quem frequenta a academia pode consumir Whey 

MITO. Como o próprio nome “suplemento alimentar” indica, esses produtos são destinados a complementar a alimentação, fornecendo nutrientes que podem estar em falta na dieta diária. Nesse contexto, o Whey Protein se destaca como uma ferramenta facilitadora para alcançar a quantidade ideal de proteínas necessárias. Ou seja, não é exclusivo para quem busca apenas ganhar ou preservar massa muscular.

Além disso, atletas e praticantes de diferentes modalidades de exercícios físicos podem se beneficiar do Whey Protein, pois suas necessidades calóricas e proteicas são geralmente maiores em comparação a pessoas sedentárias. Uma vez que durante o treino, nossos tecidos musculares ficam debilitados devido ao esforço físico, e é através da alimentação adequada que fornecemos os nutrientes necessários para a recuperação do corpo.

Para isso, as proteínas e aminoácidos desempenham um papel crucial, agindo como os “tijolos” que fortalecem nossos músculos. O Whey Protein pode ser altamente eficaz ao fornecer proteínas de alto valor biológico, essenciais para essa recuperação muscular. Uma excelente escolha para começar é a opção concentrada, ao ser o tipo mais popular e acessível do mercado. E já sabe, né? Se quiser uma versão ainda mais barata e prática para dar aquele UP no seu dia, nada melhor do que a nossa barra Crispy Protein, disponível em 3 sabores incríveis e com 9 gramas de proteína por porção. Você com certeza vai se apaixonar!

  • O Whey Protein pode ser utilizado como uma opção de refeição prática

VERDADE. Complementando a afirmação do tópico anterior, existem sim várias maneiras de consumir este complemento alimentar. Uma vez que definitivamente, o Whey Protein apresenta a vantagem de ser uma alternativa rápida e prática para o cotidiano, adaptando-se facilmente a diversas preparações, desde shakes até sucos, ou mesmo combinado com frutas picadas.

Trata-se de uma excelente escolha quando não é viável realizar uma refeição completa ou quando não se sente fome para consumir proteínas de origem animal. Além disso, o Whey Protein pode ser consumido no café da manhã ou até mesmo como uma opção para a sobremesa. Sua versatilidade torna-o uma valiosa adição à dieta diária.

  • Intolerantes à lactose não podem consumir Whey

MITO. Pessoas intolerantes à lactose podem ter efeitos indesejáveis, como cólicas, distensões abdominais e diarreia, ao consumir produtos lácteos. Dado que o Whey Protein é derivado do soro do leite, é natural supor que seu consumo não seja recomendado para indivíduos com essa condição.

No entanto, isso é verdade apenas para o Whey concentrado e hidrolisado. Já o Whey Protein isolado, surgiu como uma opção viável para pessoas intolerantes à lactose que necessitam de suplementação proteica. Este tipo de suplemento passa por um processo que remove a maioria da lactose, tornando-o uma alternativa segura para aqueles que enfrentam problemas com a digestão desse açúcar presente nos produtos lácteos. 

  • Whey e anabolizantes são a mesma coisa

MITO. Apesar desse mito está gradativamente perdendo força, ainda é comum ver pessoas associando suplementos alimentares a anabolizantes e acreditando serem o mesmo.

No entanto, é fundamental esclarecer que não são equivalentes. O Whey Protein é um produto derivado do leite, enquanto os anabolizantes são medicamentos compostos pelos hormônios testosterona e do crescimento (GH), frequentemente usados inadequadamente para obter resultados rápidos em academias.

Em suma, os dois não têm absolutamente nenhuma relação entre si. E é crucial separar esses conceitos e compreender que o Whey Protein é um suplemento alimentar seguro e benéfico, enquanto os anabolizantes são substâncias sujeitas a prescrição médica e apresentam riscos significativos à saúde quando utilizados de maneira indevida.

Após desvendar os mitos e fatos sobre Whey Protein, que tal experimentar uma barra Nutry?

00

Depois desse artigo ficou claro que esse tipo de suplemento alimentar é uma valiosa opção para a dieta daqueles que buscam melhorias na performance física e saúde, não é? Esperamos ter esclarecido todos os principais mitos que permeiam o famoso Whey Protein

Agora que tal uma pausa pós-leitura com uma barra incrível da Nutry na mão? Delícia, hein. E elas além de serem deliciosas ainda promovem uma sensação de saciedade sem igual, ajudando a driblar a fome na correria diária. Uma dica de milhões, então aproveite! 

Compartilhe

Conheça!

Outras dicas

Tabela nutricional

Mitos e fatos sobre o Whey Protein: desvendando os equívocos mais comuns

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL / INFORMACIÓN NUTRICIONAL

100g

%VD*

No data was found

Encontre nossos parceiros

Encontre nossos parceiros