Pesquisar
Close this search box.
>
>
As melhores maneiras de controlar e aliviar o estresse diário

As melhores maneiras de controlar e aliviar o estresse diário

O desgaste natural causado por uma rotina corrida de trabalho, somado aos problemas e compromissos da vida pessoal, pode ser a receita perfeita para desencadear situações um tanto quanto estressantes. E quando fogem do controle, essas situações acabam afetando diretamente nossa saúde mental e também a física. Sendo assim, para manter o equilíbrio do corpo e da mente, é fundamental ter momentos de pausa consigo mesmo… momentos que você esteja com uma parada só sua, que te ajudarão a controlar e aliviar o estresse diário.

Quando uma pessoa está vivendo um pico de esgotamento, ela pode se envolver em conflitos muitas vezes desnecessários com quem está ao seu redor, ter uma elevação na pressão arterial, entre muitas outras consequências com potencial de evoluírem para risco mais graves. Então, se você tem percebido estar mais estressado nos últimos tempos, confira, neste blog, como aliviar as sensações de irritação e automaticamente as consequências do estresse!

Estresse: um inimigo cada vez mais comum

De acordo com um estudo da Isma-BR (International Stress Management Association), que tem como principal atuação a prevenção de estresse no mundo, 72% dos brasileiros que estão ativos no mercado de trabalho já sofreram alguma sequela decorrente do estresse. Desse total, 32% das pessoas desenvolveram a famosa síndrome de burnout, que nada mais é do que um distúrbio psíquico provocado pela exaustão máxima no trabalho.

Além dos fatores que já são bastante comuns de esgotamento no mercado de trabalho e também no âmbito pessoal, em 2022, em decorrência da pandemia da COVID-19 e todos os seus desdobramentos, muitas pessoas se viram estressadas e ansiosas. Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) revelou que os sintomas relacionados a estresse e ansiedade aumentaram cerca de 80% no Brasil durante esse período, sendo impulsionados, principalmente, por preocupações com emprego e saúde.

Logo, esses dados nos mostram como o estresse está cada vez mais próximo de todos nós. Porque passar por uma situação desgastante uma vez ou outra é comum, porém, quando isso se faz presente na sua rotina, pode trazer diversos problemas de saúde física e principalmente mental. O que acaba evidenciando a necessidade de buscar meios de desestressar e as nossas barrinhas te ajudam nessa missão de nutrir o corpo e a mente, fazendo deste seu momento de pausa ainda mais especial!

Principais causas do estresse

São muitas as circunstâncias que podem gerar estresse, estando relacionadas ao contexto que a pessoa está inserida, bem como aos eventos com os quais se depara. Veja quais são as principais causas do cansaço físico e mental:

  • Falta de pausas durante o dia, para recarregar as energias e fazer daquele momento uma parada só sua;
  • Cobrança excessiva de si mesmo ou de outros sobre o cumprimento de tarefas e prazos de trabalho;
  • Dificuldade para conseguir conciliar questões pessoais e profissionais;
  • Brigas que se repetem nas relações conjugais;
  • Falecimento de pessoas queridas;
  • Choque emocional decorrente de traumatismo físico ou psicológico ocasionado por acidentes;
  • Problemas financeiros;
  • Insegurança causada no emprego ou pelo desemprego;
  • Acontecimentos pessoais ou familiares, como casamento, gravidez ou mudança de empresa;
  • Doença que exija tratamento prolongado ou cirurgias;
  • Mau desempenho em estudos e projetos;
  • Barulhos e ruídos ambientais recorrentes.

Problemas causados pelo estresse

O estresse é definido como uma resposta física do organismo humano a um determinado estímulo. Ou seja, ao ficar estressado, o nosso corpo automaticamente entende que está sofrendo um ataque, o que o faz entrar em um modo conhecido como “lutar ou fugir”.

E é exatamente essa condição que contribui para a liberação de substâncias químicas e hormônios, como a adrenalina, cortisol, norepinefrina e noradrenalina, que são responsáveis por preparar o indivíduo imediatamente para uma ação física – processo este que costuma causar problemas psicológicos e físicos nas pessoas. Conheça quais são esses problemas.

Ansiedade

A ansiedade é a responsável por deixar o organismo em estado de atenção diante de situações que costumam causar desafios ou ameaças. Com o estresse, ela acaba sendo diretamente intensificada, podendo acarretar cansaço excessivo, tremores, sensação de falta de ar e asfixia, náuseas, tontura, boca seca, mãos frias, suor excessivo, dor no peito e coração acelerado.

Insônia

Sob o efeito do estresse, o cérebro acaba identificando um evento adverso que traz como resultado a queda da captação de triptofano, o responsável pela origem da serotonina. E a falta desse hormônio, que também causa a desregularização da melatonina — o famoso hormônio do sono —, traz consequências como a insônia.

Aumento da pressão arterial

Como já falamos anteriormente, o estresse libera hormônios, como a noradrenalina e a própria adrenalina, que diminuem o calibre dos vasos sanguíneos e também causam espasmos das artérias coronárias, fazendo com que a frequência cardíaca e a pressão arterial se elevem. Inclusive, aquelas pessoas que já sofreram de hipertensão, em picos recorrentes de estafa, correm o sério risco de infartar.

Além disso, o esgotamento excessivo também pode causar sérios transtornos alimentares, depressão, problemas de pele, envelhecimento precoce e até prisão de ventre.

Como controlar e aliviar o estresse diário

Viver totalmente livre do estresse é uma ideia inalcançável, porém, com algumas mudanças de hábitos, você pode reduzi-lo significativamente na sua rotina, preparando seu corpo e sua mente para lidarem melhor com as situações adversas que vez ou outra vão teimar em acontecer na sua vida. Veja abaixo algumas boas práticas para controlar e aliviar o estresse.

1. Evite cafeína, álcool e nicotina

Evite ou pelo menos opte por reduzir significativamente o consumo de nicotina e qualquer bebida que tenha álcool e cafeína. A nicotina e a cafeína são estimulantes e, assim, aumentam consideravelmente o seu nível de estresse, em vez de ajudar a reduzi-lo.

O álcool, por sua vez, é um depressor quando consumido em excesso, mas em quantidades menores também age como estimulante. Desta forma, usar bebidas alcoólicas como forma de aliviar o estresse não é nada útil como você pensava.

Uma ótima opção é trocar as bebidas alcoólicas e com cafeína por água, sucos de frutas naturais, chás de ervas e manter-se sempre bastante hidratado, pois isso permitirá que o seu corpo lide melhor com o estresse diário.

Você também deve evitar ao máximo o consumo de açúcares refinados — eles estão em muitos alimentos manufaturados (mesmo em alimentos salgados, como os pães e molhos de salada) e podem causar falhas de energia que podem levar à sensação de irritabilidade e de cansaço. Então, de modo geral, tente se alimentar de forma saudável, nutritiva e equilibrada. E uma dica para ter um momento especial no seu dia, aqueles minutinhos únicos que se tornam uma parada só sua, você pode contar com as nossas barrinhas de cereal que são muito práticas e fáceis de encontrar pelo caminho!

2. Pratique atividade física

As situações estressantes do dia a dia aumentam o nível de hormônio do estresse no seu corpo, como no caso do cortisol e da adrenalina.

Estes são os hormônios de “luta e fuga”, projetados em nosso cérebro para proteger os indivíduos de danos corporais imediatos quando somos colocados sob ameaça. Porém, atualmente, dificilmente o estresse é remediado por uma resposta de fuga ou de luta. Sendo assim, o exercício físico pode ser usado como substituto para metabolizar os hormônios de estresse gerados excessivamente, produzindo deste modo os neurotransmissores que ajudam a restaurar o equilíbrio do seu corpo e mente para um estado mais calmo e relaxado.

Então, quando você se sentir tenso e estressado, faça uma caminhada ao ar livre. Tente inserir alguma atividade física em sua rotina regularmente, seja antes, após o trabalho ou até mesmo no seu horário de almoço. A atividade física feita constantemente também ajuda a melhorar muito a qualidade do sono.

3. Durma mais

A falta de sono é uma causa bastante significativa de estresse. E infelizmente o estresse também interrompe o sono, fazendo com que os pensamentos fiquem girando em nossas cabeças, impedindo-nos de relaxar o bastante para adormecer em paz.

Tenha como objetivo principal maximizar o seu relaxamento antes do momento de dormir. Portanto, certifique-se de que você está em um ambiente tranquilo, sem lembranças das situações e coisas que causam estresse. Uma boa dica é evitar a cafeína à noite, bem como álcool excessivo, pois isso leva ao sono mais agitado. Se possível, pare de fazer qualquer tipo de trabalho que exija muito da sua mente algumas horas antes de ir para a cama, para que, desta forma, dê tempo do seu cérebro se acalmar. Tomar um banho morno, ler um livro calmo por alguns minutos e fazer exercícios de respiração para dormir podem se tornar uma parada só sua para ajudar a relaxar o corpo e a esquecer as preocupações diárias.

Se possível, estabeleça uma rotina e tente ir para a cama aproximadamente no mesmo horário todos os dias, pois dessa forma seu corpo e mente se acostumarão a uma rotina previsível.

4. Experimente algumas técnicas de relaxamento

Existem diversas técnicas experimentadas e testadas para reduzir o estresse, então, diariamente, teste algumas delas até encontrar qual melhor funciona com você.

Você pode tentar a meditação, por exemplo, que é muito fácil e pode ser feita em qualquer lugar, até mesmo na sua mesa do escritório ou no carro. Uma técnica bastante simples é se concentrar em uma frase ou palavra que tenha um significado importante para você. Palavras como “amor”, “paz”, “calma” são algumas que costumam funcionar muito bem, ou então você pode optar por um mantra autoafirmativo como, por exemplo, “eu mereço mais calma na minha vida” ou então “conceda-me serenidade e sabedoria”. Deste modo, concentre-se na frase ou palavra escolhida, e se perceber que a sua mente vagou ou se tornou consciente de pensamentos intrusivos que permeiam sua mente, simplesmente os desconsidere e retorne com foco total na palavra ou frase escolhida. E se, por acaso, mais tarde você voltar a se sentir tenso, basta repetir silenciosamente tudo de novo.

No primeiro momento é realmente muito difícil, então não se preocupe. O relaxamento é uma habilidade que precisa ser aprendida e melhora muito com a prática, tornando-se algo próprio, que fará parte do seu dia… aquele tempo especial que nutre a mente, sabe?

5. Aprenda a gerenciar o seu tempo

Você com certeza já se sentiu sobrecarregado com uma extensa lista de afazeres, não é? E isso é uma causa mais comum do que se imagina para o estresse. Sendo assim, aceite que você não consegue dar conta de tudo de uma vez e comece a priorizar as suas tarefas, gerenciando de forma inteligente o seu tempo.

Fazer uma lista de todas as coisas que você precisa resolver durante o dia e em ordem de prioridade genuína, é uma excelente escolha. Observe quais são as tarefas que você precisa necessariamente fazer pessoalmente e o que é possível delegar para outras pessoas. Registre também quais são as tarefas que precisam obrigatoriamente ser feitas hoje, na próxima semana, próximo mês ou até mesmo quando o tempo permitir.

É importante lembrar de criar tempos de folga para lidar com algumas coisas inesperadas e de emergência que possam acontecer. E claro, não se esqueça de incluir um tempo para o seu próprio momento de relaxamento, bem-estar e para pegar fôlego para encarar os próximos desafios diários. Ah, para esse seu momento de respiro entre uma tarefa e outra, que tal uma barra de proteína?

Colocando em prática dicas simples como estas para diminuir o estresse, você tem menos chances de sofrer os danos irreparáveis causados por esse mal que tem se tornado cada vez mais comum, principalmente quando falamos da sociedade contemporânea. Os cuidados com a sua mente e com o seu corpo trazem mais saúde, felicidade, tranquilidade e qualidade de vida, por isso, faça SEMPRE uma parada só sua, nutra seu interior de coisas boas e viva sempre o melhor que a vida tem para oferecer. E se precisar de um empurrãozinho, conte com os nossos produtos para deixar tudo ainda mais delicioso!

Compartilhe

Conheça!

Outras dicas

Tabela nutricional

As melhores maneiras de controlar e aliviar o estresse diário

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL / INFORMACIÓN NUTRICIONAL

100g

%VD*

No data was found

Encontre nossos parceiros

Encontre nossos parceiros