suco-cranberry-fresco-organico

Superfrutas: razões para consumir cranberry

Saiba por que incluir esta fruta em sua alimentação

Vermelhinha e de sabor azedinho, o cranberry (ou oxicoco) é considerado uma superfruta por conta das suas propriedades funcionais e benefícios que traz à saúde. Confira abaixo as vantagens do cranberry:

Antioxidante 

Rodrigo Vianna, nutricionista e personal diet formado pela Universidade de Vila Velha (UVV-ES), aponta que cranberry é uma fruta rica em compostos bioativos, dos quais se destacam os flavonoides, proantocianidinas, compostos fenólicos e antocianidinas. “É um ótimo antioxidante, previne o envelhecimento precoce das células e o câncer e protege a saúde cardiovascular”, pontua. 

Para obter bons resultados contra o envelhecimento celular precoce, Vianna indica que a fruta seja consumida seguindo a recomendação de ingestão mínima de 3 a 4 porções de frutas vermelhas por semana (em média 3 xícaras de chá).

Prevenção contra infecções

Outro grande benefício do cranberry é que ele inibe a adesão de bactérias como a Escherichia coli ao epitélio do trato urinário, ajudando, desta forma na prevenção de infecções urinárias, especialmente na mulher. “As propriedades de anti-adesão podem inibir também as bactérias associadas à úlcera gástrica (H. pylori) e à cárie. Os estudos que correlacionam as propriedades anti-adesão à prevenção de infecções urinárias e úlcera gástrica foram realizados utilizando o suco de cranberry e concluíram que o consumo regular deste pode suprimir a infecção do H. pylori em populações infectadas ou com propensão ao câncer gástrico, bem como prevenir a adesão de bactérias ao trato urinário (Escherichia coli)”, explica Vianna.

Como antioxidante para inibir a adesão de bactérias ao aparelho urinário e gástrico, Vianna recomenda o consumo diário do suco (mínimo 250 ml) ou a suplementação com extrato da fruta.

Formas de consumo

De acordo com Vianna, o cranberry pode ser consumido tanto na forma in natura (fruta fresca, desidratada ou suco) quanto suplemento (extrato de cranberry). 

“A fruta pode ser inserida no dia a dia na forma in natura, seca ou congelada e utilizada no preparo de sucos, smoothies, vitaminas, sobremesas saudáveis ou ainda incorporadas às diversas preparações cotidianas”, afirma Vianna.

O cranberry apresenta segurança quando utilizada em sua forma in natura, porém quando suplementada é preciso ter alguns cuidados. “Especialmente com o uso excessivo e prolongado, pois pode interferir na excreção de alguns medicamentos, causar diarreia e outros sintomas gastrointestinais”, pontua o nutricionista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *