amendoas

7 razões para comer amêndoas no dia a dia

Conheça os benefícios que esta oleaginosa pode trazer para sua saúde

Amêndoas são deliciosas e podem ser consumidas de diversas formas – seja como lanche ou acompanhamento em pratos como peixes, saladas, etc. O melhor de tudo isso: elas são uma ótima fonte de energia e trazem diversos benefícios para a saúde humana. Descubra por que você deve incluir esta oleaginosa em sua alimentação!

  1. As amêndoas são ricas em gorduras boas

De acordo com Camila Del Papa, nutricionista do Espaço Volpi, as oleaginosas contêm muitas calorias, mas também são ricas em gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas, além de vitaminas e minerais que trazem diversos benefícios à saúde. “Apesar das calorias, elas devem fazer parte de um cardápio balanceado, inclusive para quem deseja perder peso. Elas contêm as chamadas ‘gorduras do bem’, que contribuem para a perda de gordura abdominal, redução dos níveis de colesterol ‘ruim’ e controle da pressão arterial”, esclarece.

Edith Zulato, nutricionista e conselheira do Conselho Regional de Nutricionistas da 9ª Região (CRN-9), também afirma que por possuírem as gorduras boas, as amêndoas ajudam a acelerar o metabolismo e a prevenir obesidade e diabetes.

  1. Boa quantidade de fibras

Cristiane Braga Kanashiro, nutróloga, tricologista e dermatologista da Clínica Due, aponta que as amêndoas possuem uma boa quantidade de fibras, que conferem bastante saciedade. “As fibras também auxiliam na limpeza do intestino e eliminação de toxinas”, explica Edith.

>>> Leia também: Fibras solúveis e fibras insolúveis: você sabe a diferença?

  1. Proteção contra doenças

Edith destaca que as amêndoas são “muito ricas em antioxidantes e fornecem proteção contra várias doenças, como o câncer, que muitas vezes é causado pelos radicais livres, que danificam o DNA da célula”.

  1. Combate ao envelhecimento

Camila afirma que por conter vitamina E, a amêndoa é um importante antioxidante lipossolúvel (que se dissolve na gordura), e faz muito bem para a pele, ajudando no combate ao envelhecimento.

  1. Fortalecimento ósseo

Outro grande benefício das amêndoas, destaca Edith, é que elas possuem uma quantidade substancial de cálcio e, com isso, auxiliam no fortalecimento ósseo.

Camila também cita que é a única oleaginosa que tem o benefício de alcalinizar o sangue. “Quando o sangue está excessivamente ácido, há aumento de risco de desenvolver osteoporose, queda de imunidade, queda de energia e facilidade em ganhar peso”, comenta.

punhado-de-amendoas

  1. Formação fetal

As amêndoas também podem fazer parte da alimentação das grávidas. Edith lembra que elas possuem folato, que auxilia na boa formação fetal.

  1. Auxílio na produtividade e bem-estar

Está se sentindo cansado e sem pique? Cristiane indica as amêndoas para ajudar na produtividade e desempenho do dia a dia. “Principalmente se for utilizada em dieta cetogênica, isto é, com restrição de carboidratos. Essa gordura boa faz um desvio metabólico na produção de energia. Ao invés do organismo produzir energia através do carboidrato, ele vai fazer através da gordura, produzindo corpos cetônicos, como acetoacetato e butirato. Esses corpos cetônicos têm uma atuação no sistema nervoso central, melhorando velocidade de raciocínio e memória”, comenta.

Camila também indica as amêndoas como boas fontes de energia. “A presença do manganês, cobre e riboflavina aumenta a produção de energia e acelera o metabolismo”, explica.

Tipos de amêndoas

Você sabia que existem vários tipos de amêndoas? Segundo Edith, há 4 tipos de amêndoas que podem ser encontradas nos mercados: espanholas, italianas, berberes (do Norte da África) e alemãs. “Encontramos as amêndoas tipo doce (mais comuns) e as amêndoas tipo amargas (não são muito utilizadas por conter funções anti-nutricionais)”, define.

Cristiane lembra ainda que elas podem ser torradas, torradas com sal, torradas com casca, torradas sem casca, torradas cruas, em lâminas e defumadas. “Todos esses tipos podem ser utilizados na alimentação, porém quanto menor o processamento do alimento, mais saudável ele é. Então amêndoas cruas são melhores que as torradas. Já as defumadas são piores do que as torradas”, elucida.

Formas e quantidade de consumo

Gostou da ideia de incluir as amêndoas em suas refeições? Camila sugere comprá-las cruas, e deixar de molho de uma noite ao dia, e então passar para uma assadeira e levar ao forno em temperatura baixa para secar. “Essa é a melhor maneira de inibir as fatores anti-nutricionais das oleaginosas. Isso melhora a digestibilidade das amêndoas e a absorção de nutrientes”, explica.

Já Cristiane recomenda consumi-las in natura – crua ou em lascas. “Também acho muito interessante o leite de amêndoas e a farinha de amêndoas, que é uma das farinhas mais versáteis que podem ser utilizadas”, justifica.

Já a quantidade para consumo varia muito de acordo com cada indivíduo. “A quantidade deve ser individualizada. O nutricionista (profissional qualificado para orientar) pode estabelecer as metas e formas de consumo, de acordo com a necessidade de cada pessoa. Para isso devem ser avaliados alguns parâmetros como idade, sexo, atividade física, alergias e intolerâncias”, conclui Edith.

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *